segunda-feira, 21 de março de 2022

 Dia Mundial de Poesia 


Durante a Semana da Leitura, os alunos do 9º B e do 10º C/B, da área de Saúde, partiram da leitura de crónicas de José Saramago, presentes no livro Deste Mundo e do Outro, para construírem a sua própria poesia. 

O desafio lançado foi realizar uma atividade de escrita criativa, designada Blackout Poetry, que consistiu em selecionar e conjugar palavras do texto original, de forma a que cada aluno formasse os seus próprios versos. 

Depois de encontrarem o seu próprio texto, no final, decoraram a folha conforme ditou a sua criatividade... e o resultado foi surpreendente!

    

Um homem da verdade e da mentira

Escolheu sempre as portas erradas.

O desespero era para ele

uma situação acidental e provisória.

Veio a batalha.

E a luta durou longos e longos dias...

O terreno da luta ficou livre

E só depois a cidade de tornou habitada.

A cidade era ele próprio.

                                       Rodrigo Rebola, 9º B

 

As palavras são más
As palavras pedem desculpa
As palavras queimam
As palavras são oferecidas , vendidas
são como carraças, 
melífluas ou azedas
de paciência, de boa paz. 
E inimigas. 
Julgando pensar, encostadas umas às outras,
abrem orações e palestras e fantasias
As palavras deixaram de comunicar
Morte...
Silencio.

                   Micael Anjos, 9º B


            *Durante este ano celebra-se o centenário de José Saramago, que nasceu a 16 de novembro em 1922. E que privilégio é lê-lo!
















Sem comentários:

Enviar um comentário